Mensagens populares

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Porquê

Ontem vi no programa da Fátima Lopes um desfile de lingerie para mulheres XL.
Falou-se em mudança de mentalidades...
Falou-se em como não sendo pró obesidade, se deve promover a aceitação do corpo.
Falou-se em opções de moda e maquilhagem para mulheres "Plus Size". Como eu, como todas as mulheres bonitas que estiveram presentes para a rubrica, quer a desfilar ou a dar a entrevista em si.
A verdade é que, aparentemente, não temos muitas opções...... Quantas vezes não entramos na maioria das lojas de um qualquer conhecido centro comercial apenas para descobrir que continuam a esquecer-se de nós - não há tamanhos acima do 42.
Ou pior! Há o 42 mas se formos ver, esse 42 é "para inglês ver" porque na realidade serve a um 38.
Durante anos procurei opções.
A verdade é que encontrei algumas. Há algumas lojas online onde compro roupa, onde temos uma variedade de estilos e tamanhos verdadeiramente justa. E há a personalização de peças de roupa, que além de estar muito em voga, dá sempre um prazer do caraças!
Temos a imaginação ao serviço do nosso look.
Por mais que isto pareça cliché, a verdade é que em cada um de nós (homem ou mulher e transsexual) há beleza.
Façamos sobressair o que temos de mais bonito!
Todos sabemos que o mais importante é o nosso interior, a nossa beleza interior, os nossos valores, capacidades, especificidades, etc.
Vamos fazer o exterior brilhar um pouco mais para acompanhar o nosso interior... Não se trata de futilidade. Trata-se de bem-estar... Porque "arranjarmo-nos" funciona normalmente como uma injecção de confiança!

Apoio a iniciativa a 100% e quis juntar-me a ela porque julgo que ainda existe uma lacuna.

No meu caso tenho uns gostos mais alternativos... Mais complicado se torna encontrar roupa.

Ou nem tanto! Na realidade há uma panóplia de opções desde o vintage/2ª mão online, ou em lojas físicas, passando pela personalização de peças de vestuário básicas, até aos catálogos online como a La Redoute e algumas (poucas) lojas físicas como a C&A.
Há imensa coisa que se pode adaptar a um estilo mais alternativo, quer se inspire nas correntes punk, goth, metal ou emo, ou beba um pouco em cada uma destas fontes como eu, quer tenha um estilo mais clássico ou fashion. Há um mar de possibilidades. Não há é dinheiro que chegue para comprar tudo!

Aqui pretendo abordar este tema com comentários, histórias, etc. e ir fornecendo dicas e sugestões variadas, subordinadas ao tema, ou nem tanto.
Espero ser útil, e espero que aqueles que não têm interesse neste assunto, e por outro lado também os habituais haters ou trolls, não me atribuam demasiada importância com comentários desagradáveis: que se ocupem das suas vidas preenchidas e me reduzam à minha (in)Significância, abstendo-de de opinar. Comentários menos "dignos" serão eliminados sem ler a fundo, portanto, não vale mesmo a pena o esforço.



Chin up!!!